segunda-feira, 19 de junho de 2017

Recadinhos do Além- Lista

Espíritos que pediram para avisar que estão bem e que em breve escreverão.


CORINA PECATTI

JOAQUIM RODRIGUES DA CRUZ

DULCINEIA MARIA DE JESUS

FRANCISCA APARECIDA MENEGUINI

IDEHIDE SANTINA DE ALMEIDA

LIA MICHAELSEN ENGELMANN

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Recadinhos do Além- Lista

Espíritos que pediram para avisar que estão bem, e quando Deus permitir, escreverão.

 MARIA CUNHA AUGUSTO

MARIA CUNHA AREAS

IGNEZ TOZZI

JOANA FELIX TOLEDO

WAKIKO YOSHIDA

ARI NUNES MATIAS

ROMES FAUSTINO DE MEDEIROS

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Recadinhos do Além- Lista

Espíritos que pediram para avisar que estão bem, e quando Deus permitir, escreverão.

Maria Aparecida Piedade de Campos

Rita Ferreira Gomes

Josias Euflasino de Paula

Manoel de Oliveira Batista

João Bernardo Maciel

Antonio José Fernandes

Maria Jose dos Santos

Ricardo Alexandre Figueiredo de Castro

Maria Aparecida Cirillo

Armando de Oliveira Pires

Antonio Carlos Paiva Nunes

Walter Jesus Santana Xavier

Maria de Lourdes Xavier dos Santos

Jandir Spezzatto

sábado, 6 de maio de 2017

Recadinhos do Além- Lista

Espíritos que pediram para avisar que estão bem, e quando Deus permitir, escreverão.



Roberto Otamar Couto de Oliveira

Maria Jose Conceição Coutinho

Marines Brustolin

Pedro Campanha

Maria Aparecisa Ambrosio Lima

Vitoria Grison Cechinatto

Anna Conto

Geni dos Santos Maciel

Benedita Barbosa de Almeida Ribeiro

Manoela Litran dos Santos

Francisca Hornos Avilla

Valeria Fortunato Campos

Rafael da Silva Oliveira

Ercilia Lamarca de Oliveira

Paulo Sergio Vieira Barbosa

Elice Moreira do Prado

Edvalda Alves Freire

Francisca de Oliveira Santos

Fabio Augusto Lopes

Efigenia Batista Alves

Akira Mitani

Yayoe Yano

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Recadinhos do Alèm- Lista

Espíritos que pediram para avisar que estão bem, e quando Deus permitir, escreverão.



Carlos Alberto Martins

Jose Luiz Nunes Lopes

Neusa Maria Dos Santos Almeida

Gilton Martins Lopes

Joaquina Andrade Calhau

Gilberto da Silva Queiroz

Janaina Pires dos Santos Souza

Maria Aparecida Gomes de Carvalho

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Recadinhos do Além- Lista

Espíritos que pediram para avisar que estão bem, e quando Deus permitir, escreverão.


AFRA FERREIRA PAIVA

JOANNA ALVES FERREIRA

ANA MARIA ESTANISLAU PAGGIO

MILENA APARECIDA ALVES BAPTISTA

GILTON MARTINS LOPES

LEONARDO SIMOES POLVORA

EDNALDO OLIVEIRA SANTANA

CELIA GIACOMINA MOURA E SILVA

LILIAN DA SILVA BARBOSA

LUIS ANTONIO MACEDO

EURIDES MARIA COELHO

ANALIA ROSA DA CONCEIÇÃO

INACIA OLIVEIRA LEAL

GUIOMAR ALVES FERREIRA

ANESIA MARIA LUZ

ROBSON ALBINO DOS SANTOS

ANTONIA MILAGRES SANTOS

 JOSEPHINA LAMPREET

JOSEFINA PICHULA LIZZE


DESEJO, UM POEMA DE VICTOR HUGO*


Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim
Mas se for, saiba ser sem se desesperar
Desejo também que tenha amigos
Que mesmo maus e inconseqüentes
Sejam corajosos e fiéis
E que pelo menos em um deles
Você possa confiar sem duvidar
E porque a vida é assim

Desejo ainda que você tenha inimigos
Nem muitos, nem poucos
Mas na medida exata para que
Algumas vezes você se interpele
A respeito de suas próprias certezas.
E que entre eles
Haja pelo menos um que seja justo
Desejo depois, que você seja útil

E que nos maus momentos 
Mas não insubstituível
Quando não restar mais nada
Essa utilidade seja suficiente
Para manter você de pé.
Desejo ainda que você seja tolerante
Não com os que erram pouco
Porque isso é fácil
Mas com os que erram muito e irremediavelmente
E que fazendo bom uso dessa tolerância
Você sirva de exemplo aos outros
Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais
E que sendo maduro
Não insista em rejuvenescer
E que sendo velho
Não se dedique ao desespero
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor
Desejo, por sinal, que você seja triste
Não o ano todo, mas apenas um dia
Mas que nesse dia
Descubra que o riso diário é bom
O riso habitual é insosso
E o riso constante é insano.
Desejo que você descubra
Com o máximo de urgência
Acima e a respeito de tudo
Que existem oprimidos, injustiçados e infelizes
E que estão bem à sua volta
Desejo ainda
Que você afague um gato, alimente um cuco
E ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque assim, você se sentirá bem por nada
Desejo também
Que você plante uma semente, por menor que seja
E acompanhe o seu crescimento
Para que você saiba
De quantas muitas vidas é feita uma árvore
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro
Porque é preciso ser prático
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele na sua frente e diga:
“Isso é meu”
Só para que fique bem claro
Quem é o dono de quem
Desejo também
Que nenhum de seus afetos morra
Por eles e por você
Mas que se morrer
Você possa chorar sem se lamentar
E sofrer sem se culpar
Desejo por fim
Que você sendo homem, tenha uma boa mulher
E que sendo mulher, tenha um bom homem
Que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes
E quando estiverem exaustos e sorridentes
Ainda haja amor pra recomeçar
E se tudo isso acontecer
Não tenho mais nada a lhe desejar